domingo, 6 de maio de 2018

Tudo na hora que tem que ser

Saiu reportagem na revista Crescer com alerta sobre o desfralde antes de a criança estar preparada..

Esperando o momento certo a criança desfralda de tudo. A Carolina passou a se achar mocinha e pediu para não usar fralda à noite. Deu certo.

A partir daí foi diminuindo ainda mais as mamadas e desmamou sozinha. Também largou a chupeta sozinha depois de desmamar.

Tudo ao seu tempo.
As pessoas pressionam as mães sem dó.
Um saco.

domingo, 29 de abril de 2018

Mulher Maravilha

Palavras da Carolina:
- Agora eu sou uma Mulher Maravilha de verdade.
A simplicidade das crianças é linda. Rolinho de papel higiênico, tesoura e canetinha. ⭐

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Cadê meu pai?

Carol acordou e vim vê-la no quarto.
- Cadê meu pai? 😕
Primeira coisa que me falou. 🤨
- Saiu.
- Ele volta ?
- Claro! Papai sempre volta.
- Vai demorar? 😠

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Lula de castigo

Estava acompanhando o julgamento do HC do Lula no STF e a Carolina voltou do colégio no voto da Rosa Weber. Eu tensa tentando entender enquanto dava atenção para ela...
Quando acabou fiquei tão aliviada que (feliz) falei:
- Carol, o Lula vai ficar de castigo ☺
- Ele fez coisa errada né mamãe?
- Fez sim, ele roubou.
- Roubou o Flamengo? Flamengo vai ser campeão (falou já comemorando).
Precisei explicar a verdade, que roubou foi o nosso dinheirinho,  de todos nós.
Ahhhh se fosse só o Flamengo...

segunda-feira, 12 de março de 2018

Nossas cozinhas 6.03.17

Adivinhem o que ouvi hoje da Carolina...
Estava pedindo para ela pegar as coisas espalhadas para guardar na sua cozinha.
Foi colocando tudo na pia. Até que uma hora virou pra mim e, apontando na direção, falou:
- Mamãe sua cozinha está bagunçada. Precisa arrumar.
(sim, minha pia estava cheia de louça rs)
😳

quinta-feira, 8 de março de 2018

Alemão: primeira palavra?

Estávamos assistindo BabyTv quando apareceu um sapo e a Carolina disse:
- É o Frosch.
- Quem?
- Frosch.
- Carol, sapo em inglês é frog.
- Não é inglês mamãe, é alemão, a tia me ensinou.

Aquele momento em que você fica de queixo caído, metade orgulhosa e outra metade se sentindo uma ignorante.
😂😂😂😂😂

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Retrospectiva de um tombo

Um tombo. Um segundo de desequilíbrio e a única coisa que lembro é de estar chegando ao chão, de lado, com os braços esticados segurando a Carolina para protegê-la.
Vejo-a chorando sem conseguir pegá-la de volta.
Pessoas chegam para me ajudar a levantar e quando olho para meu pé percebo que não conseguirei andar.
Só pensei em pedir para acudi-la. Acalentá-la. Enquanto estico o braço tentando chamar o Fernando.
Começo a suar frio e me dão água e apoio nas costas. Eu não caí completamente. Caí meio sentada de lado.
Carolina sem um arranhão. Objetivo realizado.
E o que viria em seguida, susto e medo. Dor emocional maior do que qualquer dor física.
Quando estavam imobilizando meu pé só via minha Carol repetindo tentando me confortar: vai dar tudo certo mamãe, você vai ficar boa, tá?
Cheguei a pensar que fossem palavras vindas do pai. Mas eram dela. Agora sinto que quando a abraço e a conforto passo realmente a segurança e o carinho que precisa.